Campanha de vacinação contra sarampo e poliomielite começa nesta segunda-feira (06) em Catu

As vacinas estão disponíveis nas 15 Unidades Básicas de Saúde (UBS)

Saúde
Segunda, 06 de Agosto de 2018.
Prefeitura Municipal


A partir desta segunda-feira (06), todas as crianças de um ano a menores de cinco devem se vacinar contra a pólio e sarampo, independentemente da situação vacinal. A nova Campanha Nacional de Vacinação Contra a poliomielite e sarampo vai até o dia 31 de agosto. O dia D de mobilização nacional será no sábado, dia 18 de agosto, quando os 15 postos do município estarão abertos. A meta do Ministério da Saúde é vacinar, pelo menos, 95% das 11,2 milhões de crianças dessa faixa etária e diminuir a possibilidade de retorno da pólio e reemergência do sarampo, doenças já eliminadas no Brasil.

As vacinas estão disponíveis nas 15 Unidades Básicas de Saúde (UBS), que funcionam de segunda à sexta-feira, das 08h às 16h. Devem ser vacinadas todas as crianças a partir de um ano até os cinco anos incompletos, ou seja, quatro anos, 11 meses e 29 dias.

O sarampo é uma doença infecto-contagiosa causada por um vírus. Seus principais sintomas são febre e manchas no corpo, tosse, conjuntivite e coriza. Vacinar é o meio mais eficaz de prevenção contra o sarampo. A primeira imunização contra o sarampo ocorre aos 12 meses, com a vacina tríplice viral (vacina para sarampo, rubéola e caxumba). Já aos 15 meses, o bebê deve tomar a vacina tetra viral (vacina para sarampo, rubéola, caxumba e varicela). Elas são oferecidas nos Postos de Saúde. 

A poliomielite também conhecida por paralisia infantil ou pólio, é uma doença infecto-contagiosa viral aguda, que possui como principal característica quadros de paralisia flácida súbita, no qual o paciente sofre fraqueza ou paralisia em determinada parte do corpo por redução do tônus muscular. É uma doença que acomete principalmente crianças. Os principais sintomas da doença são febre, dor de cabeça, dor e fraqueza muscular Febre, garganta inflamada, vômitos e náuseas e cansaço. A pólio é uma doença preocupante pelo fato de poder levar o paciente a paralisia temporária, permanente ou até mesmo a morte. 

A principal forma de prevenção da poliomielite é a vacinação. Porém, além dela, é necessário se prevenir adotando hábitos que possam contribuir para evitar a transmissão do vírus. A primeira dose deve ser tomada aos 2 meses, a segunda dose aos 4 meses, a terceira dose aos 6 meses, e, após este período, um reforço aos 15 meses e outro aos 4 anos na rotina. Vacina é oferecida em todos os postos de saúde.


Veja a seguir algumas das principais dúvidas com relação à campanha de Vacinação

Quando e onde ocorre a campanha?

Entre os dias 6 e 31 de agosto, com o Dia D agendado para 18 de agosto, em postos de saúde de todo o país.

Qual o foco da campanha?

Crianças com idades entre 1 ano e 5 anos incompletos (4 anos e 11 meses).

Crianças que já foram vacinadas anteriormente devem ser levadas aos postos?

Sim. Todas as crianças com idades entre 1 e 5 anos incompletos (4 anos e 11 meses) devem comparecer aos postos. Quem estiver com o esquema vacinal incompleto receberá as doses necessárias para atualização e quem estiver com o esquema vacinal completo receberá outro reforço.



Voltar