DESFILE CÍVICO DE 7 DE SETEMBRO LEVOU ÀS RUAS O DESEJO DE MUDANÇA DO POVO CATUENSE

A tradicional celebração levou cerca de 3 mil estudantes às ruas

Cultura
Terça, 10 de Setembro de 2019.
Prefeitura Municipal


Na data em que se comemora a Independência da República, o grito dos estudantes da Rede de Ensino de Catu veio acompanhado de alerta e protesto – no cuidar de si, do outro e do mundo. 

Que Brasil nós queremos para as futuras gerações? Esse foi o principal questionamento respondida por milhares de estudantes, professores, diretores e músicos. O respeito e igualdade às minorias e religiões, o cuidado com o meio ambiente, a dependência às redes sociais, transtornos mentais, entre outros temas foram abordados durante o percurso que começou na Praça Geonísio Barroso e desceu em direção à Praça Lourenço Olivieri. A bandeira foi hasteada no Pavilhão Nacional pelos três Poderes.

O patriotismo e a liberdade tiveram destaques nas palavras do prefeito Geranilson Requião, que não deixou de chamar a atenção para a Floresta Amazônica - com o maior território tropical do mundo – e, que vem sendo alvo de queimadas e polêmicas.  Enalteceu também, o empenho dos gestores escolares da Rede Municipal. “Foi um tema maravilhoso e eu queria agradecer o empenho de todos os diretores, professores, alunos e instrutores, porque embelezaram o desfile. Eu acho que a população catuense está realmente chocada com tanta coisa bonita que viu aqui nesta manhã”, destacou.

A secretária de educação e cultura, Ana Teixeira, deixou evidente a sua alegria com o desfile cívico. Falou da importância do tema, em um momento em que é necessário esse olhar mais cuidadoso do Eu, o outro e para o mundo. Em particular para o momento atual, em que o Brasil vem sofrendo cortes nas verbas destinadas a Educação.

O Projeto das fanfarras municipais deu um salto, aumentando de 3 para 11 fanfarras. O investimento em equipamentos, roupas e instrutores possibilitou aos alunos orientações teóricas e práticas. A inserção das artes no contexto escolar é uma marca na educação municipal, que vem contribuindo cada vez mais na vida dos alunos, dentro e fora dos muros das escolas.

Ao todo, 13 fanfarras escolares (municipais e estaduais) se apresentaram, distribuídas entre as escolas Cônego Diamantino, Rural Dom Justino, Anna Bitencourt, Gilberto Alves, Jecelino José Nogueira, Jorge Luís, Laura Batista, Maria Gabriela, Raimundo Mata, Themístocles e Geminiana. O IF Baiano e a Fundação Denise Carvalho foram convidados especiais e o Colégio Estadual Isabel de Melo Góes aproveitou o desfile para comemorar seu aniversário de 70 anos.

O desfile se encerrou com chave de ouro pela ASMUC – Associação de Músicos Catuenses, que arrastou a multidão com o mini trio/charanga tocando músicas tradicionais. 



Voltar